Connect with us

Ciência & Tecnologia

Provedor de internet no país recebe certificação internacional ISO

Published

on

Os Data Centers de um provedor de serviços de internet em Angola receberam esta semana, as certificações internacionais ISO 9001, ISO 27001, e PCI-DSS, como resultado do seu plano de transformação o continente africano com infraestruturas digitais e serviços.

Trata-se de dois Data Centers, da Paratus Angola, que receberam os seus certificados internacionais ISO. A notícia chega poucos meses após o Data Center da Paratus Zâmbia ter recebido as mesmas homologações internacionais, reforçando o posicionamento do Grupo Paratus na entrega de soluções de telecomunicações robustas e fiáveis para o continente africano.

Fundada em 2003, como ITA, a Paratus Angola fornece soluções integradas de telecomunicações e TI para o sector empresarial no país. Em 2019, ratificou o seu  objectivo de internacionalização da sua oferta de serviços com a inauguração do segundo Data Center.

Instalados dentro do seu Campus, os seus dois Data Centers contam com uma capacidade para mais de 8.500 servidores, redundância tripla de conectividade em fibra, micro-ondas e satélite, refrigeração eficiente com contentores de contenção térmicos e CRACs, capacidade energética de 2 Megawatt, ligação com todos os grandes operadores de serviços de telecomunicações e, principalmente, segurança, monitorização e suporte local com equipas especializadas 24×7.

O Director Geral da Paratus Angola, Francisco Pinto Leite, considera a obtenção destas certificações como sendo o resultado do compromisso assumido pela Paratus na prestação de serviços da mais alta qualidade, 24 horas por dia, 7 dias por semana.

“Procuramos continuamente melhorar os nossos serviços. Recebemos as aprovações das inspecções internacionais e podemos, portanto, garantir aos nossos clientes que somos os parceiros ideais para implementar as suas estratégias de transformação digital local e internacionalmente”, afirmou.

Explicou ainda que as certificações ISO são selos de garantia atribuídos pela International Organization for Standardization (ISO) que validam o cumprimento pelas instituições das rígidas normas internacionais em todos os seus processos e práticas.

Para o Paratus Angola, segundo o responsável, a aquisição das certificações ISO 9001, ISO/IEC 27001, e PCI-DSS confirma o alto nível de desempenho e o cumprimento de todos os critérios que um Data Center de classe mundial deve proporcionar.

Francisco Pinto Leite disse ainda que apesar de a sua instituição cumprir com a lei de protecção de Dados, vigentes no país, “ao receber a certificação ISO/IEC 27001, assegura aos seus clientes que as suas informações e dados estão totalmente seguros e protegidos dentro dos Data Centers ao cumprir com os requisitos internacionais”.

A certificação ISO/IEC 27001 trata-se da norma mais reconhecida internacionalmente e a mais rigorosas em termos de segurança da informação e tem como objetivo a proteção das informações dos clientes contra violações de dados, acesso não autorizado, e outras ameaças à segurança de dados.

Quanto aos aspectos físicos, a Paratus Angola também recebeu a certificação PCI Data Security Standard v3.2.1 a qual cobre todos os aspectos de segurança física dos Data Centers.

Disse ainda ue esta certificação tem uma alta relevância, principalmente, para o sector financeiro, uma vez que todas elas são obrigadas a armazenar, processar e transmitir pagamentos através de uma instituição em conformidade com o PCI. A posse desta certificação prova que Paratus está prontamente disponível para acolher instituições financeiras, bem como qualquer informação financeira de forma totalmente segura.

Sobre a Paratus

Fundada em 2003, como ITA, a Paratus é a rede de qualidade de África. De olho no futuro, o investimento do grupo em infraestruturas sublinha o seu compromisso a longo prazo de transformar África através de infraestruturas digitais e serviços de apoio ao cliente excepcionais. A Paratus é gerida por uma equipa operacional dedicada e profissional, em sete países africanos – Angola, África do Sul, Botsuana, Moçambique, Namíbia, RDC e Zâmbia.

A rede alargada da empresa fornece um serviço focado na conectividade via satélite, em 37 países africanos, a vários clientes espalhados por toda África, ligando empresas africanas em todo o continente e oferecendo serviços de excelência de ponta-a-ponta. A actuação do grupo estende-se para além do continente africano até aos PoPs (pontos de presença) internacionais na Europa, no Reino Unido e nos EUA.