Connect with us

Sociedade

Prostituição no Morro Bento baixa de preço por força da Covid-19

António Sacuvaia

Published

on

As medidas impostas pelo Governo para evitar a propagação do novo coronavírus no nosso país, têm estado a afectar as profissionais do sexo. Fez saber ao Correio da Kianda, uma das jovens que dedica-se a este trabalho numa ronda efectuada pela equipa de reportagem deste Jornal, na noite desta terça-feira, 30, em várias zonas de Luanda, com destaque para a localidade do Morro Bento.

Conhecida como a rua da academia BAI, bem ao lado do supermercado  Candando, a zona tornou-se uma das ruas com maior movimento de pessoas,  por força, segundo moradores, da prostituição, que as noites, têm estado a “tomar conta” de vários homens que por lá se deslocam.

É nos restaurantes, e nos locais de levantamento de valores (ATMs) onde as protagonistas da conhecida mais velha das profissões mais se concentram, com destaque a um dos restaurantes Fininho, localizado naquela circunscrição de Luanda.

Segundo Meury, nome fictício de uma das jovens com quem conversamos, os preços baixaram de três mil kwanzas por cliente, para mil e quinhentos, mas ainda assim tem sido muito difícil conseguir três ou mais clientes por cada noite, por força da Covid-19, que tem estado a criar receios em diversos clientes.

“Desde que entrou o coronavírus no nosso país, não tem sido fácil conseguir três ou mais clientes, mesmo depois de termos baixado os preços para dois e mil e as vezes mil quinhentos”, revelou a este jornal uma das jovens com quem conversamos.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (74)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (14)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania