Connect with us

Politica

Pronunciamentos de Katchiungo provoca mal-estar no seio da UNITA

Published

on

Os recentes pronunciamentos do antigo candidato a presidência da UNITA, Estevão José Pedro Katchiungo, criticando a posição tomada por alguns militantes com cargos de liderança no partido do Galo Negro, em participar nas manifestações de protesto contra a subida da gasolina, e o aumento do custo de vida, no último sábado, 17, originou um mal-estar no seio da direcção do maior partido na oposição em Angola, apurou,  o Correio da Kianda, junto  de fontes próximas.

De acordo com a fonte que temos vindo a citar, as críticas de José Pedro Katchiungo em rede nacional, numa entrevista concedida com exclusividade à Televisão Pública de Angola, levou, segundo a fonte deste jornal,  a direcção do partido do Galo Negro, a apelar aos seus militantes a cerrarem fileira criando um ” task force” em defesa de Adalberto Costa Júnior, por entender, a UNITA, que  a aparição de Katchiungo na mídia, é uma preparação para os ataques, nos próximos dias, contra a actual liderança do partido fundado por Jonas Savimbi.

De recordar que para além de condenar os actos que culminaram em arruaça, segundo as autoridades governamentais, José Pedro Catchiungo enalteceu as políticas de combate à corrupção do presidente João Lourenço.

O antigo candidato a presidência da UNITA, repudiou a atitude de alguns militantes da UNITA, que fizeram-se presentes na manifestação de sábado, 17, que ocorreram em quase todo o território nacional, por entender, que a mesma, para além de ter violado os pressupostos legais exigidos pelo Governo, e, consequentemente, desobedecido as indicações sobre os itinerários pré-estabelecidos,  culminou  em actos de arruaça e rebelião,  contra as forças da ordem, o que acabou por colocar a vida de muitos cidadãos em perigo.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. Celso

    23/06/2023 at 9:14 am

    Essa manchete só mesmo os mais distraídos é que vão se iludir. Por que vejamos esse senhor depois de ter sido suspenso pela comissão de ética e disciplina a UNITA, meses depois foi expulso pelo próprio partido. Como é que um pronunciamento de alguém que é expulso ou seja, já não militante vai provocar mossas? A isso nós chamamos notícias encomendadas!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *