Connect with us

Tecnologia

Projecto Unitel Cabo Submarino Norte com aterragem bem sucedida em Angola

Published

on

UNITEL

A Unitel anunciou que completou o desembarque marítimo do Cabo Unitel North Submarino (UNSC) com ligações directas da terra para a provincia mais a norte do País,  Cabinda,   alcançando assim,  um importante passo em direcção ao futuro digital para a indústria das telecomunicações e para a sociedade angolana.

Tída como uma importante Província económica,  Cabinda,  tem, para UNITEL, um porto marítimo com uma localização geográfica especial, e ,  a comunicação com os outros países tem estado dependente de uma solução micro-ondas,  situação,  que será agora ultrapassada, com a chegada do cabo Submarino da Unitel,  que fornecerá aos residentes e empresas locais, uma rede de base submarina com grande capacidade, baixo atraso e alta fiabilidade.

Além disso, o Cabo submarino da Unitel fornecerá ramais ao longo da rota, para conexões com plataformas de petróleo e gás, de forma a  atender às necessidades das companhias petrolíferas com contacto em tempo real,  com plataformas offshore e gestão remota automatizada, aumentando a eficiência da produção das companhias petrolíferas.

 O Cabo Submarino de Fibra da Unitel tem cerca de 1145 km de comprimento e uma capacidade de concepção de 93,4Tbit/s.

 Para assegurar ligações de rede de alta fiabilidade nas águas turbulentas do estuário do rio Congo, o sistema adopta uma concepção protegida de 1+1,  um segmento repetido, que  ligará Cacongo e N’zeto; enquanto que um segmento não repetido ligará Cabinda e Soyo, ambas cidades de grande relevância na producão de petróleo de Angola.

De acordo com uma nota de imprensa enviada a redacão do Correio da Kianda, citando um comentário feito por um alto funcionário da empresa,  Amilcar Safeca, a Unite explica, que,  “Com o rápido desenvolvimento do mercado das telecomunicações em Angola, a comunicação de dados e voz aumentará significativamente, e por isso requer uma melhor rede de transmissão para apoiar o funcionamento da rede.

 O Cabo Submarino Norte da Unitel irá satisfazer os próximos 10 a 15 anos de exigências empresariais e irá melhorar fortemente a qualidade da comunicação em Cabinda, promovendo  a transformação digital de Angola, e apoiará fortemente a promoção da estratégia nacional de desenvolvimento das TICs”.

 Para  Chu Xiaoxin, Director Executivo da Huawei Angola,  comentou que a Huawei e a HMN Technologies estão muito orgulhosas de se associarem à Unitel para fornecer soluções de rede de vanguarda que facilitarão a visão da Unitel de impulsionar uma economia digital em toda a nação.

Frisou ainda que, ambas instituições estão entusiasmadas por terem atingido esta etapa do projecto, pois tem trabalhado em estreita colaboração com a Unitel,  para entregar o sistema dentro do prazo e das especificações,  estando em curso  um grande empenho em construir uma plataforma global,  que sirva as necessidades crescentes de diversos desafios, através das nossas soluções. Referiu.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *