Connect with us

Sociedade

Projecto quinhentas casas do Bié está a ser vandalizado

Published

on

As habitações do projecto 500 casas, no município sede da província do Bié, estão a ser vandalizadas por grupos de marginais.

As referidas habitações, inseridas em projectos sociais, encontram-se desabitadas desde a conclusão da sua construção. Parte das habitações estão destinadas a alojar famílias que foram desalojadas em zonas de riscos, pelo que as demais, ainda desabitadas, estão a ser vandalizadas.

Portas, janelas, louças sanitárias, torneiras, bem como os circuitos eléctricos das habitações, estão a ser vandalizados pelos marginais.

Nesta semana, um grupo de marginais foi detido pela Polícia Nacional, suspeito de actos de vandalização das referidas habitações situadas no bairro Caluco.

O porta-voz do Serviço de Investigação Criminal (SIC) no Cuito, Simão Lucas Londaca, disse que deteve alguns indivíduos implicados nos crimes de roubo e vandalização destes bens públicos, bem como a apreensão de 10 portas. Além dos detidos, e que já se encontram a contas com a justiça, outros elementos supostamente envolvidos nos referidos crimes encontram-se foragidos, estando a ser procurados pelas autoridades.

Lembrar que em Outubro de 2022, o governador provincial, Pereira Alfredo, anunciara “para breve”, a abertura de um concurso público através do qual os cidadãos se candidatariam a ocupar os imoveis. A primeira fase do referido concurso esteve destinado às famílias que residiam em zonas afectadas por ravinas.