Connect with us

Angola que dá certo

“Professor Pascual”: UNESCO alia-se ao Programa de Educação Nutricional

Published

on

A Comissão Nacional para a UNESCO rubricou nesta terça-feira, em Luanda, um acordo de cooperação para levar o projecto “Professor Pascual” a mais de 20 mil alunos de 13 escolas primárias, com o objectivo de alargar o impacto do referido programa de educação nutricional às comunidades estudantis de Luanda.

O projecto está enquadrado no âmbito da responsabilidade social da empresa Refriango, responsável pela marca em Angola, enquadrado no apoio da empresa ao Governo angolano para o cumprimento dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável, em matéria de acesso à educação e à nutrição e vai abranger crianças dos 6 aos 12 anos.

A formalização do protocolo decorreu na Escola 1500, no município do Rangel, uma das 13 instituições de ensino primário de Luanda abrangidas pela nova etapa do projecto Professor Pascual, onde se darão aulas interactivas sobre nutrição, alimentação saudável e equilibrada.

Nestas sessões de três horas, os alunos aprendem a destacar as diferenças entre alimentos, nutrientes, vitaminas, minerais, bem como a importância e benefícios dos produtos lácteos e recebem recomendações sobre os hábitos alimentares. As aulas contam com a presença do Professor Pascual, representado pelo actor Osvaldo Moreira, que distribuirá às crianças material didáctico e iogurtes da marca.

A assinatura do protocolo entre a Refriango/Pascual e a CNU-Angola marca uma etapa importante da expansão deste projecto educativo.

Na ocasião o responsável do Secretariado Permanente, Alexandre Costa, disse que a parceria rubricada “permitirá desenvolver programas, Projectos e actividades conjuntas, de carácter formativo, filantrópico” no sentido de apoiar as políticas do Executivo angolano de propiciar um bem-estar às populações e garantir sociedades mais sustentáveis, inclusivas e equitativas, sobre tudo nas comunidades rurais e vulneráveis, “fazendo jus à retorica de não deixar ninguém para atrás”.

David Moisés, responsável pelo projecto e gestor da Pascual, realça que “a assinatura do protocolo permitirá a milhares de crianças ter um programa de educação nutricional completo e adaptado às suas idades”, ajudando-as a “desenvolver hábitos alimentares que levarão consigo ao longo de toda a sua vida e que poderão também transmitir às suas famílias e amigos”.

Na mesma linha, a Administradora de Marketing da Refriango, Tânia Jardim, referiu que aquela multinacional tem uma contínua preocupação social e de desenvolvimento com as comunidades, por isso o projecto Professor Pascual reflecte a importância da nutrição para o desenvolvimento das capacidades cognitivas e físicas das crianças.

“São elas muitas vezes as portadoras das mensagens chave para as famílias. O Leite é um alimento fundamental para o seu crescimento e extrema importância quando a cadeia alimentar não é tão variada. O papel do Professor é uma forma lúdica de construir narrativas com estas crianças que irão moldar os seus comportamentos. Agradecer à UNESCO ter acreditado e dado a oportunidade de levar este projecto a mais escolas. Juntos conseguimos um impacto com maior relevância”.

O acto de assinatura do protocolo foi testemunhado por membros da Direcção Nacional de Educação Pré-escolar e Ensino Primário, a Deputada Nary Aguiar, da 8ª Comissão de Trabalho da Assembleia Nacional para os Assuntos de Família, Infância e Acção Social, membros do Instituto Nacional da Criança, do Gabinete Provincial da Educação de Luanda, da UNICEF e parceiros.