Connect with us

Economia

Prodesi: mais de Kz 121 milhões já foram investidos em projectos diversos

Manuel Camalata

Published

on

O programa de reconversão da economia informal já financiou um total de 121.711.120 (cento e vinte e um milhões, setecentos e onze mil e cento e vinte) kwanzas, enquadrados no programa de apoio à produção, diversificação das exportações e substituição das importações (Prodesi), distribuídos nos sectores da agricultura e pesca, processamento alimentar, agro negócio e desenvolvimento de softwares.

A informação foi avançada nesta terça-feira, 17, em Luanda, pelo secretário de Estado para a Economia, Mário Caetano João, no habitual briefing bissemanal com os jornalistas, no Ministério da Economia e Planeamento (MEP).

Deste montante, 16.500.000, 00 (dezasseis milhões e quinhentos mil) kwanzas foram destinados à quatro projectos financiados através da Kificrédito, 47.500.000,00 (quarenta e sete milhões e quinhentos mil) kwanzas à 16 projectos ligados à logística e distribuição de produtos agro alimentar e de pesca.

Dois dos 27 projectos de produtos da cadeia do agro negócio foram aprovados pela Cooperaf, tendo sido desembolsados para os mesmos, o montante de 9.500.000,00 (nove milhões e quinhentos mil kwanzas, enquanto que os projectos ligados ao processamento alimentar, pelo qual foram apresentados 28 propostas, 27 foram aprovadas e receberam um financiamento global de 44.211.120,00 (quarenta e quatro milhões, duzentos e onze mil e cento e vinte) kwanzas, sendo 42.961.120 (quarenta e quatro milhões, novecentos sessenta e um mil e cento e vinte) kwanzas, disponibilizados através da Wiliete crédito e 1.250.000,00 (um milhão e duzentos e cinquenta mil) kwanzas pela Gingacrédito.

Entretanto, um único projecto ligado ao desenvolvimento de softwares recebeu um , e que está avaliado em quatro milhões de kwanzas.

O programa de apoio à produção, diversificação das exportações e substituição das importações (Prodesi) existe desde 2019, co-financiado pelo executivo e pela organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, com o objectivo de aumentar a produção agro-alimentar nacional, integrada e dar respostas ao desenvolvimento do agro negócio e propiciar alívio económico à economia angolana.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (79)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (15)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2020 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD