Connect with us

Politica

Príncipe Harry visita Angola para recordar o trabalho da princesa Diana

Published

on

O príncipe Harry, duque de Sussex, vai visitar Angola em breve, no âmbito da primeira viagem oficial em família com a mulher e filho Archie, nascido a 3 de maio, a África.

Num “post” na rede social Instagram, partilhado pelo jornal, o príncipe fala da “ligação” com Angola. O duque de Sussex interagiu com os internautas sobre os seus 20 anos de “ligação” com Angola num “post” feito na quinta-feira.

O príncipe Harry, 34 anos, partilhou a mensagem sobre a “ligação” com Angola na conta do Instagram da realeza de Sussex um dia depois de ser anunciado que ele e a esposa visitam, em breve, a África do Sul e o Botswana.

A viagem solidária de Harry, Meghan e Archie deverá acontecer nos próximos 2 ou 3 anos, quando o bebé real já estiver mais crescido

No Instagram, o príncipe discutiu a importância do Delta do Okavango e o seu impacto na preservação do ecossistema e da vida animal no planeta Terra. “Sei que o ecossistema [no Delta do Okavango] é selvagem no seu melhor, jogando um papel crucial absoluto para o Planeta, pessoas e para a vida selvagem. É a nossa única oportunidade para salvar este magnífico último Éden [na Terra]”, escreve Harry no “post” associado a uma imagem sobre uma campanha da National Geographic de recolha de fundos para produzir um documentário sobre a vulnerabilidade do ecossistema crítico do Delta do Okavango e os seus rios afluentes em Angola.

O “post” explica que “Sua Alteza Real está grato” em ver uma parceria entre a National Geographic , o Governo angolano e a Organização Não-Governamental The Halo Trust na protecção do habitat natural e apoio à gestão sustentável dos rios.

Falando dos perigos da destruição do ecossistema, Harry acrescentou: “Milhões de pessoas, segurança alimentar e a geração de energia na região dependem do fluxo livre dos rios” do Delta do Okavango. O príncipe Harry já esteve em Angola para um projecto de desminagem humanitária. A mãe, a princesa Diana, visitou Angola com o mesmo propósito em meados da década de 1990.

 

C/ JA

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *