Connect with us

Politica

Primeiro-Ministro português visita Luanda em Junho

Published

on

O Primeiro-ministro português  esteve reunido com o presidente  João Lourenço, à margem da 36.ª Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA).

A convite do presidente angolano, o Primeiro Ministro português visita Angola no mês de Junho deste ano. Trata-se de uma visita oficial que vai servir  para assinar com o Governo  angolano, novos instrumentos de cooperação.

António Costa fez saber  á saída da audiência concedida, ontem, em Addis Abeba, na Etiópia, pelo Presidente João Lourenço, à margem da Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA), que o ministro das Finanças português se desloca antes a Luanda para finalizar alguns “dossiers” relativos às linhas de financiamento existentes , e fazer acertos dos termos dos próximos compromissos com a homóloga angolana, Vera Daves.

Na oportunidade, António Costa disse que Portugal mantém Angola como parceiro preferencial em África, e procurará reforçar o seu posicionamento com a ajuda do Presidente João Lourenço nessa nova etapa de operacionalização da Zona de Comércio Livre Continental Africana.

“O encontro com o Presidente João Lourenço foi importante para fazermos o ponto de situação dos diferentes temas bilaterais que temos sempre em desenvolvimento, apontarmos uma data para a minha visita, para podermos assinar novos pacotes para a cooperação estratégica e também para vermos como é que cada um por si e ambos, em conjunto, podemos ajudar a dar um novo impulso a essa relação entre a Europa e África”, disse.

António Costa reforçou  ser importante, não obstante ao que esteja a ocorrer na Europa, dar um sinal de que é fundamental continuar com o trabalho em curso para criar uma nova união entre a Europa e o continente africano.

Um outro dado avançado também pelo Primeiro-Ministro de Portugal é que o seu país apresentou já um projecto para financiamento da União Europeia, que deverá ligar através de um corredor logístico o Porto de Sines, em Lisboa – Portugal, com a Zona da Barra do Dande, na província angolana do Bengo.