Connect with us

Mundo

Presidente do Parlamento da África do Sul aguarda julgamento em liberdade

Published

on

A presidente demissionária do Parlamento da África do Sul foi acusada formalmente esta quinta-feira, 04, de envolvimento em actos de corrupção, entretanto, vai aguardar julgamento em liberdade, mediante o pagamento de 50.000 rands de caução, segundo a decisão do tribunal.

Nosiviwe Mapisa-Nqakula, que se demitiu do cargo na tarde desta quarta-feira, foi hoje detida, depois de se dirigir à polícia no âmbito de uma investigação de corrupção sobre factos que remontam ao tempo em que era ministra da Defesa, tendo comparecido pela primeira vez no Tribunal de Magistrados de Pretória.

Nesse sentido, a magistrada sul-africana considerou adequado o pagamento de uma fiança de 50.000 rands, pedido feito pela defesa, ordenando no final da audiência que Mapisa-Nqakula “entregue o seu passaporte e não tenha contacto com nenhuma das testemunhas contra ela.