Connect with us

Desporto

Presidente do Al-Nassr renuncia após resultados negativos da equipa de Cristiano Ronaldo

Published

on

O presidente do Al-Nassr, Musalli Al-Muammar, renunciou ao cargo esta quinta-feira, 27. O mandatário do clube actual de Cristiano Ronaldo não resistiu à pressão das últimas derrotas e vai deixar o comando da equipa asiática.

Segundo informações da Saudi Gazette, Musalli Al-Muammar teria apresentado o pedido de demissão ao Ministério dos Desportos saudita. A expectativa é que a solicitação seja aceita nos próximos dias e a actual directoria dissolvida.

O secretário-geral do clube provavelmente será designado para administrar os assuntos do clube antes da assembleia ser formada para a eleição de um novo presidente para o Al Nassr.

Musalli Al-Muammar assumiu a presidência do Al Nassr em 2021, mas vinha sofrendo pressão dos torcedores da equipa pelos resultados negativos na actual temporada. O clube foi eliminado de todas as copas e está em segundo no Campeonato Saudita.

Contratação de Cristiano Ronaldo foi um “engano”

Em entrevista ao “Arabia News 50”, Musalli Al-Muammar terá classificado a contratação de Cristiano Ronaldo como um “engano”. A declaração aconteceu três dias depois da equipa ser eliminada pelo Al Wehda, na semifinal da Copa do Rei Saudita, e ficar com poucas chances de título na temporada.

“Só fui enganado duas vezes na vida. A primeira vez foi quando pedi três kebabs (comida árabe) e só me deram duas. A segunda vez foi por ter contratado o Cristiano Ronaldo”, polemizou. Após rescindir com o Manchester United, o atacante português assinou vínculo com a equipa do Oriente Médio válido até a metade de 2025.

Com sites internacionais

Colunistas