Connect with us

Mundo

Serra Leoa: Presidente decreta recolher obrigatório após abortar tentativa de golpe

Published

on

O presidente de Serra Leoa, Julius Maada Bio, declarou um recolher obrigatório a nível nacional depois de homens armados terem atacado o principal quartel militar do país, na capital, aumentando o receio de um possível golpe de Estado, tal como tem acontecido na região.

“A calma foi restaurada e as forças de segurança estão a perseguir os homens armados”, acrescentou.

O Ministério da Informação e Educação local também afirmou num comunicado que o Governo e as forças de segurança estão “no controlo” da situação.

Não foi avançado nenhum detalhe sobre os tais homens armados ou o motivo do ataque.

A Comunidade Económica de Estados da África Ocidental (CEDEAO), da qual Serra Leoa é membro, descreveu o incidente como uma conspiração “para adquirir armas e perturbar a paz e a ordem constitucional” no país.

“A CEDEAO reitera a sua tolerância zero para mudanças inconstitucionais de governo”, disse num comunicado.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas