Connect with us

Politica

Presidente da LIMA apela unidade e coesão aos membros do conselho político da UNITA

Published

on

O maior partido da oposição (UNITA) realiza, nesta quinta-feira, 20, em Luanda, a sua primeira reunião extraordinária do Conselho Político, convocado pelo seu presidente Isaías Samakuva, com objectivo de analisar a situação deste partido, após o acórdão 700/2021, que anulou XIII Congresso, que elegeu Adalberto Costa Júnior como presidente.

Faltando um dia para realização deste evento, vários membros deste órgão das demais províncias já começaram a chegar a partir desta segunda-feira, 18, para participarem do conclave.

Dada a importância do acto e um clima de tensão interna, a presidente da Liga das Mulheres Angolanas (LIMA), braço feminino do partido UNITA, Helena Bonguela Abel, apelou, nesta segunda-feira, 18, aos membros do Conselho Político, através de uma publicação feita nas suas redes socias, dizendo que a UNITA é “um instrumento de luta para dignificar os angolanos e as angolanas patriotas”, sublinhando que “vamos à reunião da Conselho Político com espírito de Unidade e Coesão”.

A também deputada referiu que a UNITA, tal como a sigla diz, é a “União Nacional para Independência Total de Angola, claro como a água”.

Helena Bonguela destacou o perigo da organização, caso não se ponham fim ao conflito que divide a UNITA em duas alas.

“Membros da Comissão Política, é a UNITA em causa e só unidos que somos mais fortes e unidos venceremos”, finalizou a dirigente partidária.