Connect with us

Politica

Presidência esclarece nomeação de administrador do CFL já falecido

Published

on

No comunicado tornado público esta quinta-feira, 16, com alterações no Caminho de Ferro de Luanda, Porto de Luanda e Caminho de Ferro de Moçâmedes, saltou aos olhos a nomeação de um Administrador Não Executivo que, entretanto, já faleceu há três anos.

Em comunicado divulgado hoje, a Cidade Alta responsabiliza o Secretário para os Assuntos Jurídicos e Judiciais do Presidente da República pela falha, que inundou as redes sociais com comentários negativos sobre o erro.

“Leva-se a conhecimento público que a divulgação ontem de um diploma com o nome de um antigo administrador do Caminho de Ferro de Luanda já falecido foi de única e exclusiva responsabilidade do Secretário para os Assuntos Jurídicos e Judiciais do Presidente da República”, diz o comunicado divulgado na página oficial do Governo.

Ontem, o Presidente da República divulgou mais de dez alterações nas empresas referenciadas acima. Entretanto, a Presidência ainda não divulgou o nome que substituirá Rufino Manuel da Conceição Júnior, falecido em 2020, no cargo de Administrador Não Executivo.

Presidente da República faz mexidas no sector dos Transportes

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *