Connect with us

Mundo

Preço do pão baixa esta terça-feira na Guiné-Bissau

Published

on

Na Guiné-Bissau, a população vai voltar a comprar o pão a um preço acessível a partir desta terça-feira, 03, a 150 francos, a baixa do preço do pão ocorre depois de um consenso alcançado esta segunda-feira, 02, entre o Governo e os padeiros.

Os padeiros e o Governo sentaram-se em volta da mesma mesa para debater sobre a discórdia que provocou escassez de pão, há uma semana, numa reunião promovida pelo Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló.

Inicialmente, o Chefe de Estado tinha mandado os padeiros continuarem a vender o pão a 200 cfa (0,30 euros), depois destes profissionais terem iniciado um protesto em que exigiram a redução do preço da farinha para poderem vender mais barato.

O protesto teve início no passado dia 24 de Setembro. A redução do preço da farinha com vista a reduzir o valor do pão de 200 para 150 cfa, foi incluída nas medidas do Governo para atenuar o custo de vida e que começaram por baixar o preço do arroz, o principal alimento da população guineense.

Junto com o pão, o Governo baixou também o preço da farinha e do arroz, que é a principal alimentação do país.

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.