Connect with us

Politica

PR almeja que o sector agrícola seja um grande contribuinte para o PIB

Published

on

O Presidente da República, João Lourenço, conferiu posse, nesta segunda-feira, 20, em Luanda, ao novo secretário de Estado para a Agricultura e Pecuária, João Manuel Bartolomeu da Cunha. Durante o seu discurso, o presidente manifestou o desejo de fazer com que a agro-pecuária, a agro-indústria e o agro-negócio passem a ser grandes contribuintes do Produto Interno Bruto (PIB) no país.

O chefe de Estado referiu que o seu Executivo mantém-se empenhado na diversificação da economia, com uma maior aposta nos sectores anteriormente citados, mesmo estando longe a auto-suficiência alimentar.

 “A agricultura vai bem, mas tem que ir melhor ainda. Estamos longe de atingir a auto-suficiência alimentar e, portanto, longe de termos excedente para exportação dos nossos produtos”, observou e disse, que o objectivo é fazer com que a agro-pecuária, a agro-indústria e o agro-negócio passem a grandes contribuintes do Produto Interno Bruto (PIB).

João Lourenço destacou também os avanços na melhoria das vias que ligam as cidades ao campo, o que vai permitir o rápido escoamento da produção agrícola para os grandes centros de consumo.

Por outra, pensa ser importante que haja um esforço crescente no cumprimento dos objectivos estabelecidos, para que no mais curto espaço de tempo, o país alcance a auto-suficiência alimentar e aumente as exportações de produtos agrícolas.

O titular do poder Executivo recomendou aos quadros da agricultura e pecuária a trabalharem em parceria com a indústria, no sentido de conservar e transformar os produtos do campo, para não se deteriorarem.

João Manuel Bartolomeu da Cunha, antes de ser nomeado para o cargo de novo secretário de Estado para Agricultura e Pecuária exerceu funções de administrador executivo do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), substituindo, José Carlos Lopes da Silva Bettencourt, exonerado a seu pedido.