Connect with us

Sociedade

Português assassinado dentro de carro em assalto no Talatona

Published

on

Pedro Gonçalves, 41 anos, de nacionalidade portuguesa, foi assassinado na noite de terça-feira, 23 de Abril, em Luanda, Angola.

Natural de Montalvo, concelho de Constância,Pedro Gonçalves, que trabalhava na empresa Rojual – Gestão de Projectos, apareceu morto dentro da viatura nos arredores do Belas, Talatona.

Pedro Gonçalves foi baleado com dois tiros na sequência de um assalto feito, alegadamente, por duas pessoas que seguiam numa moto.

Em declarações à agência Lusa, fonte da empresa onde a vítima trabalhava mostrou-se chocada com a situação e confirmou o assalto seguido de assassínio, afirmando desconhecer mais pormenores, uma vez que está a aguardar por um relatório da Polícia Nacional (PN) angolana, que já está a investigar o incidente. Só depois, prosseguiu, é que se tratará dos procedimentos para trasladar o corpo para Portugal, onde será sepultado.

Contactada pela Lusa, fonte policial angolana confirmou o homicídio, mas não adiantou pormenores. Pedro Gonçalves, que apareceu morto dentro da viatura num arruamento em Belas, Luanda Sul, é o quarto cidadão português assassinado desde fevereiro deste ano e o terceiro no mês em curso.

Pedro Gonçalves é o quarto cidadão português assassinado desde Fevereiro deste ano e o terceiro durante o mês de Abril.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *