Connect with us

Politica

Portugal relativiza ameaças de Angola

Published

on

Presidente da República considerou uma “ofensa” posição da justiça portuguesa no caso que envolve o ex-vice presidente Manuel Vicente. Governo português não está alarmado

Governo português não ficou particularmente alarmado com as declarações feitas esta segunda-feira pelo Presidente da República, João Lourenço, que numa conferência de imprensa lamentou a rejeição por parte da Justiça portuguesa de que o processo relativo ao ex-vice-presidente Manuel Vicente seja transferido para Angola.

A posição do Presidente angolano tem sobretudo uma “dimensão simbólica”, ouviu o Expresso de fonte governamental. “É um problema relativo.” Na prática, o entendimento do Governo português é que não haverá visitas do Presidente angolano a Portugal, nem do primeiro-ministro a Angola, mas que encontros noutros locais, bem como visitas de outras personalidades e as relações económicas e outras, não estarão em causa.

 

 

(Com expresso)

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *