Connect with us

Diversos

Polónia recua e diz que “acidente infeliz” terá tido origem na defesa aérea da Ucrânia

Published

on

O primeiro-ministro polaco, Mateusz Morawiecki, disse, nesta quarta-feira, 16, que a Polónia ainda está a analisar a possibilidade de invocar o artigo 4.º da NATO​, mas “poderá não ser necessário utilizar essa medida”.

As declarações surgem um dia após uma explosão matar duas pessoas junto à fronteira com a Ucrânia, na sequência do ataque russo à diversas cidades ucranianas. Em declarações também nesta manhã, o presidente polaco, Andrzej Duda,​ avançou que não há provas de que a explosão de ontem tenha sido um “ataque intencional” à Polónia e alega que foi, “provavelmente, um acidente infeliz”.

Andrzej Duda colocou ainda a possibilidade de que o míssil que caiu em território polaco pertença à defesa aérea ucraniana.

O artigo 4.º da NATO diz que os Aliados “consultar-se-ão sempre que, na opinião de qualquer deles, estiver ameaçada a integridade territorial, a independência política ou a segurança de uma das partes”.

Ainda assim, os líderes do G7 realizarão uma reunião de urgência hoje, a pedido da Polónia. A reunião será presidida pelo secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, e vai decorrer em Bali, na Indonésia, onde está a realizar-se a cimeira do G20.

Mísseis russos terão atingido território polonês. Primeiro-ministro convoca comité de Segurança e Defesa

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.

Colunistas