Connect with us

Sociedade

Polícia Nacional na Huíla reforçada com 400 novos agentes

Published

on

O Comando Provincial da Polícia Nacional na Huíla conta, desde ao meio da manhã desta quinta-feira, 25, com novos 400 efectivos da Polícia Nacional, no âmbito do processo de reforço da capacidade operacional dos Comandos e Unidades Centrais em curso na corporação.

Os 400 agentes que agora reforçam a Polícia Nacional, na Huíla, sendo 23 do sexo feminino e 377 masculino são os licenciados à reserva pelas Forças Armadas Angolanas (FAA), depois de terem cumprido o serviço militar, nos termos da legislação angolana e submetidos à uma formação básica de Polícia na Província do Huambo.

Durante o acto de encerramento, que decorreu no Centro de Instrução de Tropas do Exército, na Matala, Huíla, o comissário-chefe, Rui de Oliveira Gomes, conselheiro do comandante geral, disse que o curso básico de polícia constitui um dos requisitos e condição fundamental para se ser polícia e para a ascensão à categoria de agente. Apelou, por isso, que os novos agentes adoptem uma postura que se adequa aos princípios de um verdadeiro agente da Polícia.

“A vossa qualidade de novos agentes da Polícia Nacional permite juntar-se ao colectivo de bravos soldados da ordem e tranquilidade, representando novos desafios no vosso percurso profissional, que passam na exigente tarefa de manutenção da ordem e tranquilidades públicas”, realçou, Rui de Oliveira Gomes.

Segundo Rui Gomes, a formação a que os agentes foram submetidos permitiu adquirir conhecimentos técnico-profissionais, habilidades e competências necessárias para o exercício das funções diárias de polícia, estando, por isso, preparados para darem o seu contributo nas acções operativas de prevenção e de combate à criminalidade, da garantia da ordem e tranquilidade públicas” rematou o responsável.

Para terminar, o comissário disse que “o país está em profundas transformações políticas, económicas, financeiras e sociais, não obstante à crise económica que assola o mundo e o país, em particular, pelo que a Polícia Nacional, disse, está a preparar-se para cumprir, com zelo, todos os desafios futuros” concluiu, o dirigente.

Recorde-se que, o reforço do quadro de pessoal do Comando Provincial da Huíla é uma promessa do Comando Geral da Polícia Nacional que, na pessoa do comissário, José Moniz, Director de Pessoal e Quadros da corporação reconheceu, recentemente que a Província da Huíla é das que menos agentes possui, em função da “ratio” polícia cidadãos, nos termos da determinação das Nações Unidas, pelo que o reforço era a prioridade das prioridades.