Connect with us

Eleições 2022

Polícia Nacional garante estar armada e preparada para garantir segurança a todos os cidadãos, e apela denúncias

Published

on

A Polícia Nacional,  garantiu hoje, em Luanda,   estar armada e preparada para garantir a segurança a todos os cidadãos, e apelou à colaboração e a cultura de denúncias dos actos que vão ocorrendo.

O Comandante-Geral da Polícia Nacional de Angola, Arnaldo Manuel Carlos, reprovou, hoje, em Luanda, os actos de desordem e ameaças contra pessoas, perpetrados por grupo de pessoas, após o período do processo de votação, colocando em causa a segurança pública dos cidadãos.

O Comissário-Geral da PNA, Arnaldo Manuel Carlos, que falava durante o acto de lançamento das Forças Policiais, para mais uma actividade de manutenção da ordem e da tranquilidade públicas, que teve lugar na Unidade de Reação e Patrulhamento (URP), em Luanda, assegurou que, as Forças Policiais estão prontas e preparadas para garantir a segurança pública, o conforto e a liberdade dos cidadãos e dos seus bens, assim como para impedir que grupo de pessoas incentivem actos de violência, através das redes sociais, ou sobre as pessoas.

“Os actos que colocam em causa a segurança pública do País são condenáveis e isto merece toda reação dos órgãos de defesa e segurança. Nós somos o garante da liberdade e da segurança das pessoas e ninguém pode violar a lei.

“Nós temos este desafio de impedir que grupo de pessoas incentivem actos de violência através das redes sociais e com actos concretos sobre as pessoas, colocando em causa os seus bens e sua harmonia”, disse o Comandante-Geral O número “um” da Corporação apelou a colaboração directa dos cidadãos, assim como dos órgãos de comunicação social, para massificação da cultura de denúncia de actos que possam desestabilizar a ordem e a tranquilidade públicas no País.

“Estamos aproveitar os vossos microfones para pedir aos órgãos de comunicação social e a população em geral, para colaborarem connosco, denunciando os actos que ponham em causa a segurança pública e um dos porta-vozes desta da população são os órgãos de comunicação, de modo a invertermos este quadro”, apelou o Comandante-Geral da PNA.

Ao terminar, Arnaldo Manuel Carlos reconheceu o empenho das Forças Policiais, pelo contributo que tem prestado na manutenção da segurança pública na cidade capital e a nível do País.

“Reconheço o vosso empenho e, de forma incansável, continuam a garantir a segurança dos pontos mais recônditos da nossa cidade de Luanda, e este dispositivo aqui é a representação de tudo aquilo que ocorreu em todas as províncias do País”, concluiu o Comissário-Geral Arnaldo Manuel Carlos.