Connect with us

País

Polícia em Luanda diz que partidos da oposição se demarcam de manifestações

Published

on

Manifestacão em Luanda

As Forças políticas concorrentes nas eleições de 24 de agosto “demarcaram-se” hoje, de atos que tendem a alterar a ordem e segurança pública “como manifestações, vandalismos e cenas de arruaça”, anunciou nesta terça-feira, 13, o Comando Provincial  da Polícia em Luanda. 

Segundo a nota da Polícia em Luanda, enviada a redacão do Correio da Kianda, os referidos partidos agradeceram também a atuação republicana e exemplar como a corporação assegurou todas das etapas do processo eleitoral, onde MPLA,  foi declarado vencedor.

Segundo o porta-voz do Comando Provincial,  Nestor Goubel, o posicionamento dos referidos partidos foi manifestado durante um encontro entre os representes de sete dos oito partidos que concorreram nas eleições e a polícia.

Com exceção do Partido Nacional para a Justiça em Angola (P-Njango), referiu o responsável, todos os restantes concorrentes participaram do encontro foi dirigido pelo segundo-comandante provincial da polícia, comissário Mateus André.

Partidos da oposicão,  manifestaram-se  na última  quinta-feira passada, “inquietação” face à marcação de datas para investidura do Presidente da República, sem validação dos resultados eleitorais, e anunciou a criação de um grupo de trabalho para convocar manifestações que expressem “a repulsa” dos eleitores.

A pretensão consta de um comunicado subscrito pela  UNITA, CASA-CE; PRS; FNLA; e Bloco Democrático),

Colunistas