Connect with us

Sociedade

Polícia e bancários discutem problemática dos assaltos nos arredores dos bancos

Published

on

Decorreu em Luanda um encontro entre a Polícia Nacional e agentes bancários, em Talatona, que visou auscultar os gestores e responsáveis de estabelecimentos bancários naquela circunscrição da capital angolana, com o objectivo de fazer um diagnóstico para compreender melhor a problemática dos assaltos dentro ou à saída das instituições bancárias.

Os assaltos têm sido frequentes no interior e nas imediações das agências bancárias, o que, segundo as autoridades policiais, tem sido o “calcanhar de aquiles” da corporação, o que resultou no encontro com os responsáveis bancários.

A Comandante Municipal de Talatona, Goreth Fernandes, que liderou o encontro, disse que, nos últimos dias, “a Polícia tem feito um trabalho de redimensionamento do patrulhamento em função da situação operacional e das várias ocorrências que tem registado”.

Enquanto isso, os gestores bancários apresentaram o fraco patrulhamento como uma das grandes preocupações, situação que, de acordo com a comandante, foi devidamente acolhida e “há um mês foi melhorada a ronda”.

Fez saber ainda que o patrulhamento é feito na modalidade visível e em baixa visibilidade.

De recordar que, recentemente, o assalto que vitimou o professor Laurindo Vieira, ocorreu nos arredores dos bancos, no Lar do Patriota. Os envolvidos no crime já encontram-se detidos.

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.

Colunistas