Connect with us

Destaque

Polícia faz 18 detenções por desvio de combustível na Huíla

Published

on

O serviço de Investigação Criminal deteve 18 indivíduos na província da Huíla pelo alegado desvio de 52 camiões de carregamento de combustível.

O serviço de Investigação Criminal (SIC) deteve 18 indivíduos na província da Huíla pelo alegado desvio de 52 camiões de carregamento de combustível, correspondente a mais de dois milhões de litros de gasóleo.

A informação foi divulgada esta quarta-feira pelo procurador-geral da República junto do SIC, Adão do Nascimento, citado pela Angop. Segundo o procurador, os detidos são trabalhadores de empresas contratadas pela Sonangol, e a Empresa Pública de Produção de Eletricidade (PRODEL).

Adão do Nascimento referiu que os desvios de combustível para o abastecimento da Central Térmica do Lubango, ocorreram durante “alguns meses”. O procurador assinalou que 14 dos 18 detidos são motoristas de algumas empresas contratadas pela Sonangol e o restante da PRODEL, colocados na área de maquinaria.

As investigações tiveram início após denúncias apresentadas pelas empresas subcontratadas à Procuradoria-Geral da República, tendo sido emitido mandados de prisão.

O desvio de combustíveis é comum na província da Huíla, geralmente estão envolvidos motoristas que fazem o transporte a partir do Porto do Namibe, a 180 quilómetros do Lubango, capital da província da Huíla, fazendo descargas antes do destino.

 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas