Connect with us

Sociedade

PIIM: Governo do Zaire promete levar à justiça empreiteiros por incumprimento

Published

on

As empresas que não cumpriram com os acordos de empreitadas de obras de equipamentos públicos na província do Zaire, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos municípios (PIIM), serão levadas à justiça.

A garantia é do governador provincial, Adriano Mendes de Carvalho, que falava nesta segunda-feira, na cidade do Soyo, no acto de inauguração de um troço rodoviário de cinco quilómetros de quatro vias urbanas.

Adriano Mendes de Carvalho garantiu mesmo que as empresas incumpridoras na província do Zaire já estão a ser penalizadas, pelo que assegura que nos próximos dias serão levas à tribunal.

A decisão prende-se com o facto de várias obras ligadas a infraestruturas sociais, entre construção de raíz e reabilitação, registarem atrasos nos prasos de entrega. Outra preocupação apresentada foram as correcções a que algumas dessas obras públicas foram sugeitas.

“Muitos deles estão a ser penalizados e vamos levá-los até às barras do tribunal… por incumprimento. Primeiro diante do povo e quem está a espera dessas obras é o povo”, sublinhou o governante.

Lembrar que a via inaugurada nesta segunda-feira foi financiada por um financiamento do Reino de Espanha, no âmbito da segunda fase de construção das vias urbanas do município do Soyo, para melhorar a circulação de veículos automóveis na região.