Conecte-se agora

Lusofonia

Petroleiro angolano a caminho de São Tomé para resolver problemas de falta de combustível e de eletricidade no país

Redação

Publicados

on

petroleiro angolano a caminho de são tomé para resolver problemas de falta de combustível e de eletricidade no país - Petr  leo - Petroleiro angolano a caminho de São Tomé para resolver problemas de falta de combustível e de eletricidade no país

Um petroleiro angolano chega a São Tomé esta sexta-feira para resolver o problema de falta de combustível e de eletricidade no país, às escuras há cinco dias, disse hoje à Lusa fonte governamental.

Pelas informações de que dispomos, o petroleiro angolano deverá atracar no porto de Neves [norte da ilha de São Tomé] às cerca das 4h00 e acreditamos que, o mais tardar até às 12h00, os postos de venda [de combustível] já estejam abastecidos”, afirmou.

Nos últimos cinco dias, o país tem estado praticamente às escuras, com a Empresa de Água e Eletricidade (Emae, pública) a fornecer apenas quatro horas de luz por dia.

Fonte desta empresa avançou como justificação a suspensão no abastecimento de gasóleo pela Empresa de Combustíveis e Óleo (Enco).

A Enco, por seu lado, acusou a Emae de “falta de capacidade de gestão de stock”.

“Os responsáveis da Emae sabem que nos últimos meses temos vivido uma situação diferente do habitual, ou seja, não temos recebido a quantidade regular de combustíveis que vínhamos recebendo de Angola. Por isso eles deviam saber gerir o stock que recebem da Enco”, disse a fonte.

De acordo com a fonte governamental, a quantidade de combustíveis que chegavam anteriormente de Angola “diminuiu consideravelmente, muito por conta dos problemas internos deste país”, mas lamenta também o açambarcamento, sobretudo, do gasóleo e petróleo doméstico nos postos de abastecimento.

Reconhece que nos últimos meses a rotura de combustível tornou-se frequente e para ultrapassar a situação o Governo está a negociar com as autoridades angolanas o reforço do fornecimento.

A crise principalmente do gasóleo e do petróleo doméstico em São Tomé e, consequentemente de energia elétrica, acontece numa altura em que o país assinala o 44º aniversário da independência que se comemora a 12 de julho.

C/ LUSA

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (14)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (247)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (12)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (13)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (16)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (61)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (9)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (7)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação