Connect with us

Lifestyle

Perigo: Os alimentos do dia-a-dia que são perigosos

Published

on

Talvez fique surpreendido mas a verdade é que alguns dos seus alimentos favoritos podem causar-lhe problemas de saúde, quando não consumidos de forma correta.
Batatas
Tenha atenção caso encontre algumas marcas verdes nas batatas. Isto poderá ser um sinal de que a batata está a produzir uma toxina conhecida como solanina, que pode ser muito prejudicial ou até mortal, caso seja ingerida em demasia.
Noz-moscada
Ingerir uma grande quantidade desta especiaria poderá levar a uma condição denominada por psicose da noz-moscada, que pode causar a morte.
Marshmallows
O conhecido desafio ‘Chubby Bunny’, onde se coloca o maior número possível de marshmallows no interior da boca, poderá levar à asfixia e à consequente morte.
Ruibarbo
Os caules desta planta são seguros, no entanto as folhas são extremamente perigosas. Estas contêm ácido oxálico, que pode ser fatal quando ingerido em excesso.
Peixe-balão
Considerado uma iguaria no Japão, este peixe é extremamente venenoso. O The Guardian refere mesmo que é 10 mil vezes mais venenoso do que o cianeto. Os chefs que preparam esta iguaria têm de ter uma licença específica para o poderem fazer.
Margarina
Um estudo canadiano, elaborado pela Universidade McMaster, descobriu que a margarina aumenta o nível de mortalidade em 34%.
Rebentos de feijão mungo
São geralmente usados em saladas e são extremamente perigosos. Estes são um terreno fértil para bactérias, como a E.coli, a salmonella e a listeria.
Frango
Cozinhar bem esta canre é extremamente importante. Depois de cozinhar a carne, é suposto que esta não tenha qualquer zona com cor-de-rosa. Quando mal cozinhada, esta carne pode conter salmonella, que poderá levar à morte.
Pimenta do tipo Bhut Jolokia
Esta pimenta, que é 400 vezes mais picante do que Tabasco, é tão forte que pode causar tonturas e até mesmo provocar um ataque cardíaco.

Atum
O consumo de atum em excesso poderá levar ao envenenamento por mercúrio, por isso tenha em atenção a quantidade que consome.

Bacon
O bacon e outras carnes processadas estão ligadas ao cancro.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *