Connect with us

Sociedade

Peregrinos angolanos e cabo-verdianos dados como “desaparecidos” na Jornada Mundial da Juventude 

Published

on

Centenas de peregrinos angolanos e cabo-verdianos foram dados como desaparecidos na Jornada Mundial da Juventude, que decorreu entre os dias 26 e 31 de Julho em Portugal.

Em comunicado, a Diocese de Leiria-Fátima informou nesta segunda-feira, 31, que um total de 106 peregrinos de nacionalidade angolana e cabo-verdiana, que tinham sido acolhidos em três paróquias daquela diocese no contexto da realização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), foram dados como desaparecidos.

De acordo com a nota divulgada, “a única situação anormal que requereu uma atenção especial da parte da organização diocesana foi a ausência de 106 peregrinos dos grupos estrangeiros de nacionalidade angolana e cabo-verdiana acolhidos em três paróquias da diocese”, pode ler-se na nota.

Importa realçar que a informação foi avançada durante o balanço sobre o evento “Dias nas Dioceses”, que decorreu entre os dias 26 e 31 de Julho em antecipação à JMJ, em 17 dioceses de Portugal continental e ilhas.

O encontro, que contou com a presença de 7.500 jovens de mais de 50 países, e que movimentou milhares de pessoas em todas as paróquias de Leiria, teve uma avaliação positiva, segundo o Comité Organizador Diocesano.

No entanto, a Diocese garantiu também que as não comparências foram sinalizadas, a organização reportou-as às autoridades de segurança que, desde então, têm assumido as diligências exigíveis e necessárias.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *