Connect with us

Politica

Perda de mandato de Tchizé dos Santos aprovada com votos favoráveis de todos os deputados do MPLA

Redação

Published

on

A Assembleia Nacional votou, hoje, favoravelmente pela perda do mandato da deputada do grupo parlamentar do MPLA Welwitchia dos Santos “Tchizé”, devido a sua ausência prolongada e reiteradas nas reuniões plenárias.

A resolução para a perda de mandatos foi aprovada com votos favoráveis de todos os deputados do MPLA presentes na sala e a maioria dos parlamentares da UNITA.

David Mendes e Raul Tati, deputados independentes pela UNITA, se abstiveram, assim como todos os parlamentares da CASA-CE, PRS e FNLA (que tem apenas um deputado). Com o caso de Tchizé dos Santos, é a primeira vez que um(a) deputado(a) perde o mandato na Assembleia Nacional. O presidente do grupo parlamentar da CASA-CE, Alexandre Sebastião André, justificou o sentido de voto da coligação com o facto de a mesma não ter tido acesso à tramitação de documentos entre a Assembleia Nacional e a deputada. “Não sabemos quais foram as razões que tiveram na base da sua ausência e faltas permanentes na Assembleia Nacional”, disse.

O deputado afirmou que a comissão de Ética e Decoro Parlamentar apresentou justificações não plausíveis e que a CASA-CE não analisou a questão da deputada na vertente jurídico-legal, mas simplesmente na política. “As razões que estão na base da ausência permanente são políticas. Logo, a decisão da Assembleia Nacional tinha que ter em conta os motivos políticos que Angola está atravessar”, defendeu.

Embora o seu partido tenha optado pela abstenção, Bendito Daniel, do deputado do PRS, confirmou que o Parlamento discutiu internamente a questão da perda de mandato da deputada. Quanto à aposição tomada pela Assembleia Nacional, o deputado disse que as leis devem ser cumpridas e o Parlamento, “em tempo oportuno, vai pronunciar-se sobre o assunto”, disse. Os deputados do MPLA e da UNITA não aceitaram fazer qualquer pronunciamento à imprensa.

C/ JA

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *