Connect with us

Politica

Paz e segurança nos Grandes Lagos sobre a mesa na ONU

Published

on

O Ministro das Relações Exteriores, Téte António, abordou nesta segunda-feira, 19, com a subsecretária geral e chefe do Departamento para os Assuntos Políticos e de Consolidação da Paz da Organização das Nações Unidas, na sede daquela organização em Nova Iorque, assuntos ligados à paz e segurança na Região dos Grandes Lagos, com maior ênfase nas República Democrática do Congo (RDC) e Centro-Africana (RCA).

De acordo com uma nota de imprensa do Ministério das Relações Exteriores que o Correio da Kianda teve acesso, Teté António teve um encontro de cortesia com a subsecretária-geral e chefe do Departamento para os Assuntos Políticos e de Consolidação da Paz da Organização das Nações Unidas, Rosemary DiCarlo.

Ambos colocaram também à mesa o processo de mediação do diferendo entre o Rwanda e a RDC, levado a cabo por Angola, com destaque para as deslocações do Presidente angolano, João Lourenço, às cidades de Kinshasa e do Kigali, para dialogar com os seus homólogos.

O encontro realizado em Washington, entre o presidente João Lourenço e os líderes da região dos Grandes Lagos, à margem da cimeira EUA-África, foi igualmente discutido no encontro.
Rosemary DiCarlo assumiu o cargo de subsecretária-geral para os Assuntos Políticos e de Consolidação da Paz da ONU a 1 de Maio de 2018.

É co-adjuvante do secretário-geral das Nações Unidas para as questões de paz e segurança globais, além de se responsabilizar pela supervisão da assistência eleitoral, fornecida anualmente pelas Nações Unidas aos seus Estados-Membros.

No prosseguimento da sua agenda diplomática à sede das Nações Unidas, o ministro encontrou-se com o representante permanente da China junto da ONU, Zhang Jun, com quem abordou o apoio dos membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas ao mecanismo de verificação Ad-Hoc.

O referido mecanismo é liderado pelo oficial general de Angola, para monitorar a fronteira Leste da RDC e o processo de Luanda, no âmbito da mediação angolana do conflito entre a RDC e o Ruanda.

O apoio dos membros do Conselho de Segurança circunscreve-se na próxima resolução deste órgão, em que se pretende a extensão do mandato da missão das Nações Unidas na República Democrática do Congo.

O governante angolano manteve igualmente um encontro com o representante permanente da Federação Russa junto das Organizações das Nações Unidas, Vassily A. Nebenzia.

O encontro entre as duas entidades realizou-se na sede das Nações Unidas e versou sobre questões relacionadas com o apoio dos membros do Conselho de Segurança da ONU ao mecanismo de verificação Ad-Hoc.