Connect with us

Sociedade

Pastores angolanos da Igreja Universal prometem recorrer a “ força” para afastar bispos brasileiros

Published

on

A “turbulência” na Igreja Universal do Reino de Deus continua, e já se fala em uso da força para destituir bispos brasileiros. Disse, um dos Pastores em activo, em entrevista ao Correio da Kianda nesta segunda-feira.

Os bispos e pastores da IURD em Angola, que recentemente anunciaram em comunicado, a ruptura total com a ala liderada por Edir Macedo, afirmam estarem cansados de sentirem-se estrangeiros no seu próprio País, acrescentando que o racismo e a discriminação, tem sido a prática diária da liderança brasileira, sob orientação de Edir Macedo, que também é acusado de promover evasão de divisas, por isso, em caso de não aceitarem a posição dos Pastores Angolanos, serão obrigados a regressar para o Brasil.

“ Primeiro é que estamos cansados de sentirmo-nos estrangeiros na nossa terra, inclusive, há reuniões que temos sido expulsos como um animal, mas então se a igreja juridicamente é Angolana, porquê que continuamos a ser liderados por brasileiros? Desabafou nesta segunda-feira um dos pastores da IURD que não quis se identificar, ao Correio da Kianda.

Em face deste imbróglio que a igreja Universal vive nos últimos tempos, tem-se registado a cada dia que passa, a redução de fiéis, e consequentemente das ofertas, se comparadas há um ano atrás, conforme fez saber um dos Pastores que temos vindo a citar.

“ A igreja está a perder muitos fieis, e as ofertas que tem servido muito para ajuda e crescimento da igreja, reduziram consideravelmente tudo por causa desta confusão que estamos a viver por causa da imposição dos Bispos brasileiros. Relata!

Uma das causas de revolta e descontentamento por parte dos pastores Angolanos contra os bispos Brasileiros, tem haver, segundo explica o Pastor da IURD, com a vasectomia, uma cirurgia de anticoncepção masculina, que consiste na interrupção cirúrgica dos tubos responsáveis pelo transporte dos espermatozoides do testículo para a uretra. Trata-se de um método, que tem como objetivos principais, provocar uma infertilidade masculina permanente.

“ Na sua maioria dos Pastores que reclamaram e tentaram negar em não fazer vasectomia, foram afastados da igreja e da liderança da igreja. Eu sou um deles, fui afastado da liderança da minha igreja por eu ter negado fazer esta operação no estrangeiro que me deixaria infértil para toda a vida, mas muitos Pastores como forma de preservar o cargo fizeram, e hoje andam arrependidos. Contou!

Na última sexta-feira, na tentativa de se puder encontrar uma solução, as duas “alas” estiveram reunidos numa das suas catedrais, sita no maculusso, um encontro que terminou sem consenso as partes Angolanas e Brasileiras.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. Truman

    03/12/2019 at 7:21 am

    Caso fome. Agora é q vamos ver, kem msm adora por fê e kem vai a igreja por simples facto d pensar q a rikeza cai do ceu.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas