Connect with us

Sociedade

Pastor da Igreja Pentecostal mata Professora

Published

on

Um suposto pastorda Igreja Pentecostal está a ser acusado de matar uma professora, a facada depois de um desentendimento entre os dois, na Vida Pacífica em Luanda. A informação foi hoje avançada pelo Porta-voz do Serviço de Investigação Criminal de Luanda, Fernando de Carvalho. 

Fernando de Carvalho disse que o crime aconteceu pelo facto da vítima, que em vida atendia pelo nome de Luzia de Almeida, de 59 anos de idade, Professora de Profissão.

Os dois, de acordo com o oficial do SIC, cobitaram maritalmente num período de três meses no condômino vida pacifica, no município de Viana, depois de se terem conhecido em um monte de oração de cacuaco sendo que o acusado exercia a função de Pastor.

O porta voz do SIC adiantou que na vivência do casal, surgiu a necessidade de procriação, um desejo que parecia impossível de modo natural, o que levou a que o acusado informou a vítima que teriam de procurar pelos serviços de um outro pastor que respondia pelo nome de Messias Francisco Gola, seu comparsa.

Chegando no local, seguindo a convicção do parceiro, acatou o conselho e depois da observação espiritual do pastor,  a vítima foi comunicada que para seguir adiante com o tratamento teria de fazer um pagamento ao equivalente a um milhão de Kwanzas ou entregar a sua viatura de marca Huyndai, modelo I10, facto que veio a ruir a relação e fazer com que a vítima obrigasse o seu parceiro a sair de sua residência, por não chegarem a um acordo.

Fernando de Carvalho adiantou que no dia 19 de Maio do corrente ano, data dos factos, por volta das 13 horas o acusado enfurecido pelo termino da relação dirigiu-se ao apartamento em que vivia com a vítima, e encontrou, para a sua surpresa, a fechadura trocada, tendo partindo o vidro da janela para fazer-se no seu interior.

Instantes depois, avança ainda a fonte policial, a proprietária da residência, chegou a casa e o encontrou no interior, o que gerou uma briga,  durante a qual o acusado apossou-se de uma faca de cozinha e desferiu dois golpes letais na região do pescoço da vítima provocando a morte imediata.

Na sequência, o suposto Pastor lavou-se, trocou de roupa e limpou o chão da casa, no sentido de se desfazer das provas criminais e dirigiu-se ao município de Cacuaco, onde por volta das 21 horas contactou um cidadão conhecido apenas por Benjamin, motoqueiro, por sinal seu amigo, no sentido de apoiar na buscar pelos seus pertences no apartamento.

No local o acusado envolveu o cadáver em uma mala azul e junto uma paragem de taxi desceu da motorizada , com a mala e sozinho prestou o cadáver em um matagal nas imediações da empresa Cimangol próximo a entrada do SIAC-Cacuaco e abandonou a mala em um contentor de lixo.

O porta voz do SIC Luanda disse ainda que o acusado demonstrava comportamento indecoroso, chegando mesmo a subtrair da própria residência em que viviam com a malograda, um plasma de 42 polegada, computador, telemóvel, garrafa de gás botano, bem como a venda de uma viatura de marca Huyndai i10 todos pertence da vítima.

Acionados os operacionais do SIC do departamento de combate aos crimes contra pessoas e após um trabalho de investigação de inteligência criminais, foi possível a detenção do implicado no passado no passado dia 27 de Setembro e a recuperação da viatura de marca i10 cor cinzenta e um plasma de 42 polegadas.
“O SIC Luanda, aconselha a todos os cidadãos modo geral a estarem atentos com as imposturas de falsos pastores, pelo que os milagres não são comprados muito menos pagos”, rebateu.

Colunistas