Connect with us

Politica

Parlamento defende igualdade de direitos dos deputados na imprensa

Published

on

O secretário-geral da Assembleia Nacional, Agostinho de Neri, defendeu recentemente num encontro com os jornalistas, que todos os deputados “têm igualdade de direito” no acesso aos órgãos de comunicação social, devendo os jornalistas absterem-se de “fazer juízos de valor em relação à acção destes”.

Agostinho de Neri, que falava na abertura de um encontro metodológico dirigido aos jornalistas, disse que o Parlamento “é uma casa, por natureza, de diferenças, onde a democracia é exercida, onde o respeito pela diferença é imprescindível”.

“E aí deve-se saber respeitar e colocar em pé de igualdade todos os intervenientes directos desta caAsa. Quer dizer que todos os deputados eleitos têm igualdade de direito perante os órgãos de comunicação social e aí encerra a necessidade de nenhum de nós tirar partido no exercício da nossa actividade, não fazer juízos de valor em relação à acção dos deputados”, afirmou o parlamentar.

No entender de Agostinho de Neri, a igualdade de tratamento dos deputados a nível dos órgãos de informação concorre para se evitar leituras diferentes em relação aos deputados: “Nós temos sido muitas vezes questionados por que demos primazia a um em detrimento de outro”