Connect with us

Politica

Para a Saúde “haverá sempre dinheiro” – garante João Lourenço

Published

on

O Hospital Geral de Viana, que está localizado no Zango 8000, será inaugurado em Dezembro deste ano, e a obra está avançada acima de 80 por cento, a garantia é do empreiteiro, durante a visita de constatação do Presidente da República, João Lourenço, que, entretanto, criticou o prazo de execução da obra.

Sobre recursos, num momento que o país atravessa uma crise económica, o Chefe de Estado angolano garantiu que para a construção de infra-estruturas para a “Saúde haverá sempre dinheiro”.

O presidente João Lourenço fez essas declarações em conferência de imprensa, no final de visita de campo realizada este sábado, tendo reforçado que o andamento da obra está aquém das expectativas

“Devo dizer que esperava encontrar a obra de Viana num estado de execução mais adiantado do que encontrei. Daí ter saído preocupado, porque nós temos metas bem definidas, temos prazos por cumprir, temos o nosso fiscal que nos cobra”, queixou-se, João Lourenço, explicando, de seguida, que “os angolanos são o nosso fiscal. E, por esta razão, nós temos de fazer questão de exigir o mesmo dos empreiteiros”.

Perguntado por um jornalista se seriam tomadas medidas em relação ao empreiteiro, João Lourenço demarcou-se, deixando ao repórter da TV Girassol a oportunidade para decidir sobre tal questão.

Abaixo o diálogo:

TV Girassol – O Senhor Presidente acaba de reafirmar que vai haver sempre investimentos para a saúde. Eu pergunto: o que é que vai acontecer com o empreiteiro da obra do Zango, já que vem de lá e disse que não gostou muito do que encontrou?
PR – Bom, imagine que você é o Presidente da República. O que é que faria? Diga lá, queremos ouvir.
TV Girassol – Hoje, felizmente, só estou na posição de fazer perguntas.
PREstou a lhe dar o poder por cinco minutos.
TV Girassol – Hoje não posso, Senhor Presidente…

Colunistas