Connect with us

Mundo

Papa Francisco em Portugal para peregrinação à Fátima

Redação

Published

on

“Esta viagem é um pouco especial, é uma viagem para orar e um reencontro com Deus e a Santa Mãe de Deus”, afirmou Francisco aos jornalistas a bordo do seu avião.

O aparelho foi escoltado por dois caças F-16 ao entrar em espaço aéreo português.

O pontífice argentino foi recebido pelo presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, com quem manteve uma reunião em privado.

Com orações, cantos religiosos e muita expectativa, uma maré de fervorosos peregrinos esperava a chegada do Papa Francisco ao Santuário de Fátima para celebrar, sob forte medidas de segurança, o centenário das aparições.

Desafiando a chuva, milhares de católicos procedentes do mundo inteiro concentram-se na esplanda diante da Basílica de Nossa Senhora de Fátima, centro do país.

Muitos peregrinos vieram a pé de várias regiões de Portugal, alguns inclusive andando de joelhos os últimos metros até a Capela das Aparições, para orar diante da imagem de Nossa Senhora de Fátima.

A pequena cidade de Fátima, com 12.000 habitantes, receberá no fim de semana cerca de 40.000 pessoas, 2.000 jornalistas, 100 grupos de peregrinos, 2.000 padres, 71 bispos, oito cardeais e 350 enfermos, informou Carmo Rodeia, directora do santuário.

Muitos peregrinos irão de outros continentes, especialmente da América Latina, mas também da Ásia. A população portuguesa (10,3 milhões de pessoas, 89 porcento delas católicas) terá grande representação e, por este motivo, o Papa vai falar em português.

Após a sua chegada, Francisco seguirá para a “Capelinha das Aparições”, construída no local onde, segundo a crença popular, a Virgem apareceu pela primeira vez, em 13 de Maio de 1917, aos três pastorzinhos.

A mãe de Jesus teria aparecido em seis ocasiões, entre Maio e Outubro de 1917, aos irmãos Jacinta (7 anos) e Francisco (9) Marto e a sua prima Lucia dos Santos (10), a quem revelou três “segredos”, que a Igreja Católica considerou como proféticos da história do século XX.

Jacinta e Francisco foram beatificados por João Paulo II em Fátima em 13 de Maio de 2000.

Desde 2008, o Vaticano pretende beatificar Lucia dos Santos, que se tornou freira e faleceu em 2005.

As revelações reportadas pelas três crianças, assim como os milagres que permitirão ao Papa canonizar no sábado os irmãos Francisco e Jacinta, não constituem dogma, ou seja, não existe a obrigatoriedade de que todos os católicos acreditem.

Um dos milagres alegados para a canonização dos dois pastores aconteceu com um menino brasileiro.

Os seus pais narraram na quinta-feira em Fátima a história da sua rápida cura após uma grave queda.

João Baptista e a sua esposa, Lucila Yurie, apresentaram-se para a imprensa, sem o seu filho Lucas, no santuário católico de Fátima.

Em Março de 2013, o menino, então com cinco anos, caiu da janela de uma altura de mais de seis metros e sofreu um grave traumatismo craniano, relembrou Baptista.

Foi transferido do seu povoado em Juranda para o hospital Campo Mourão, no Paraná, “onde chegou no Estado de coma grave e sofreu duas paradas cardíacas antes de ser operado de urgência”, contou.

“Os médicos lhe davam poucas possibilidades de sobreviver”, assinalou o seu pai.

Após entrar em contacto com um grupo das Carmelitas, a família do menino, já “muito devota” da Nossa Senhora de Fátima, começou a invocar os pastores.

“Dois dias depois, Lucas acordou. Estava bem e começou a falar”, assegurou Baptista.

O menino deixou o hospital 12 dias depois do acidente. “Recuperou-se totalmente, sem sequelas”, assegurou o seu pai, acrescentando que “os médicos, incluindo os que não crêem, não puderam explicar essa recuperação”.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (80)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (15)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2020 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD