Connect with us

Sociedade

País tem de aumentar cerca de 80 por cento despesas com educação

Published

on

O país tem de aumentar cerca de 80 por cento as despesas com educação para alcançar as metas do Plano de Desenvolvimento do Capital Humano, que prevê quase o dobro de formados no ensino superior e técnico profissional até 2037.

Aprovado em Decreto Presidencial e publicado esta terça-feira, 04, o Plano Nacional de Desenvolvimento do Capital Humano 2023-2037, observa sete programas de acção dirigidos ao ensino técnico profissional, formação profissional, formação graduada, formação pós-graduada, formação de professores, formação da administração pública e municipal, empreendedorismo e desenvolvimento empresarial.

O plano prevê uma expansão do ensino técnico profissional, cuja taxa de participação transite de 10,9% para 15,6% em 2037 e um alargamento da oferta de formação profissional passando de uma taxa de 0,5% de participação da população economicamente ativa na Formação Profissional para 1,25% em 2037.

O Plano Nacional de Desenvolvimento do Capital Humano 2023-2037, contempla também aumento do ‘stock’ de graduados, de 21,7 mil para 49 mil, e pós-graduados, com impacto na qualificação do corpo docente do ensino superior que passaria dos atuais 10,8% com doutoramento para os 35% em 2037.

O documento refere que a aceleração da formação de professores do ensino primário, formando um total de 153 mil ao longo do período de 2023-2037, é outra das metas do plano que prevê igualmente o crescimento do peso de graduados na carreira técnica da administração Pública (dirigentes e técnicos superiores), dos atuais 31,9% para 45,1% em 2037.

Colunistas