Connect with us

Sociedade

“País tem ainda vários desafios em diversos sectores”

Published

on

Angola celebra este sábado, 11 de Novembro, 48 anos desde que se tornou independente, em 1975.

Jovens ouvidos pela Rádio Correio da Kianda, afirmam que o país tem ainda vários desafios em diversos sectores, para satisfação dos anseios das populações.

Para conquista deste desiderato, os mesmos advogam a necessidade do envolvimento de todas as forças vivas da sociedade.

“Precisamos da união de todos para conseguirmos ultrapassar as dificuldades que acometem os jovens”, disseram.

Por sua vez, a UNITA afirma que 48 anos depois, o país continua a “não realizar o objectivo dos nacionalistas angolanos nem dignidade para o seu povo”.

Na mensagem por ocasião do 11 de Novembro, lida pelo seu porta-voz Marcial Dachala, o partido do Galo Negro, diz que “a corrupção e a partidarização das instituições do Estado, destruíram a dignidade do cidadão angolano”.

Na declaração, o maior partido na oposição exorta o povo angolano “à unidade de propósito e de acção no sentido materialização da institucionalização das autarquias locais em simultâneo e em todos os municípios do país”.

Várias actividades estão a ser realizadas em todo o país e nas Missões Diplomáticas e Consulares de Angola, no âmbito das comemorações do 11 de Novembro, Dia da Independência Nacional.

O Acto Central terá lugar hoje, na cidade de Saurimo, província da Lunda Sul. As comemorações irão decorrer até o próximo dia 25 de Novembro

Formado em radiojornalismo, com passagem por órgãos de comunicação social públicos e privados. Possui formação internacional em Comunicação e Multimedia. Estudante do curso superior de Gestão/Comunicação e Marketing.