Connect with us

Politica

“País receberá mais testes amanhã”, diz ministra da Saúde 

Published

on

Problemas de ligação aérea foram apontados como a causa da ruptura de testes de covid-19 no país. A informação foi avançada pela ministra da Saúde, na manhã desta quinta-feira, 15, durante uma entrevista colectiva com diferentes órgãos, à margem da Assembleia Nacional, antes do discurso à nação do Presidente da República.

Questionada pelos jornalistas sobre a carência de testes de covid no país, o que tem resultado inclusive em cancelamentos de voos, Sílvia Lutucuta justificou, como estando na base da ruptura do estoque de testes, problemas relacionados com as ligações aéreas, sublinhando, tratar-se de “um problema não apenas de Angola, mas sim à nível mundial”.

“Houve problemas de ligação aérea. Como sabem, os testes são adquiridos em mercados internacionais e o mercado internacional é bastante competitivo, mas temos tudo feito para não faltarem”, esclareceu.

Lutucuta sublinhou, admitindo ter havido sim, um interregno de dois dias nos testes serológicos e fez saber que, nesta sexta-feira, mais testes chegarão ao país para ultrapassar a situação.

“Houve um pequeno interregno por dois dias, mas amanhã já estarão cá”, avançou.

No início da semana, a companhia de bandeira nacional, TAAG, cancelou um voo com destino à província de Cabinda porque os passageiros não tinham realizado os pré-testes de embarque da covid-19, exigidos pelas autoridades como medida de prevenção e combate à doença.