Connect with us

Economia

País perde anualmente cerca de 20 mil milhões de kwanzas com pesca ilegal

Published

on

Cerca de 20 mil milhões de kwanzas é o montante que o país perde anualmente com a pesca ilegal. Os dados foram avançados esta quarta-feira, 05, pela Ministra das Pescas e Recursos Marinhos, tendo adiantado que Angola produz 560 mil toneladas de pescado por ano, através de mais de seis mil barcos registados.

Carmen do Sacramento Neto, que falava durante a 15ª edição do CAFÉ-CIPRA, onde fez a apresentação dos investimentos em curso no sector das pescas e Recursos Marinhos, disse que no momento o sector que dirige tem o registo de 68 cais privados de recepção de pescado.

A titular da pasta disse, por outro lado, que o que se sente é a falta da intervenção do Governo para fazer a intermediação e a recepção do pescado que sai do mar para a comercialização.

A ministra que declarou um combate cerrado á pesca ilegal, admitiu que o país continua a importar peixe do exterior, principalmente o bacalhau e o cacusso, tendo adiantando que o Ministério está, a fazer o controlo das quantidades e das disponibilidades que os aquicultores colocam no mercado nacional.

Durante o encontro denominado “Diálogo sem Medição” a ministra Carmem do Sacramento Neto referiu que os projetos do Ministério das Pescas e Recursos Marinhos, inseridos no Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN) 2023/2027, estão avaliados em 58 mil milhões de kwanzas, com destaque para a construção de infraestruturas pesqueiras no país.

Colunistas