Connect with us

Sociedade

Pai mata filha de um ano por duvidar da paternidade

Published

on

Uma menor de um ano de idade foi morta a tiro pelo próprio pai, no município dos Gambos, província da Huíla, por este, alegadamente, duvidar da paternidade.

De acordo com as autoridades, citadas esta segunda-feira, pela Rádio Nacional de Angola, o indivíduo de 22 anos, também disparou contra a sua esposa de 19, que se encontra em estado grave, no hospital Geral do Lubango.

O acusado terá roubado a arma do seu pai, efectivo da Polícia Nacional, entretanto, já está detido e será apresentado ao Ministério Público.