Connect with us

Sociedade

Organização denuncia desaparecimento de activistas

Published

on

Desde segunda-feira que dois activistas angolanos estão desaparecidos, após terem sido supostamente levados a força por seis agentes do Serviço de Investigação Criminal e da Direcção de Investigação de Ilícitos Penais.

A denúncia do desaparecimento de Geovane Fernandes e Demétrio Samuel foi feita pelo Secretário Geral da Unidade Nacional para a Total Revolução de Angola (UNTRA), Leonardo Marcos, tendo adiantado que o facto aconteceu minutos depois de os jovens terem deixado as instalações da Rádio Ecclesia, onde deram entrevista sobre a preparação da manifestação contra o custo de vida e pela libertação de activistas.

Leonardo Marcos disse que os dois activistas detidos são os co-organizadores da manifestação agendada para o próximo sábado, 23, contra o alto custo de vida no país.

O secretário geral da Unidade Nacional para a Total Revolução de Angola (UNTRA) afirma que as autoridades foram informadas sobre o evento.

O activista explica que, apesar disso, os mentores do protesto e as suas famílias estão a ser intimidados.

O Correio da Kianda contactou o SIC Luanda, e sem dar entrevista, disse desconhecer sobre o assunto e alega não ter registo destas detenções.