Connect with us

Sociedade

Organização da sociedade civil em Cabinda acusa administração de tentar travar manifestação

Published

on

Uma organização da sociedade civil em Cabinda acusa a administração municipal de tentar travar uma manifestação prevista para este sábado, 09, que visa saudar o dia dos Direitos Humanos que se comemora este domingo.

Segundo informaram ao Correio da Kianda, o motivo alegado é “por não dispor de meios e de forças policiais suficientes para assegurar a marcha dos manifestantes”, o que para os organizadores configura mais uma proibição implícita.

De acordo com um dos membros da organização Clemente Cuilo, a manifestação pacífica visa protestar contra “o elevado custo de vida, a perda de poder de compra, a violação dos Direitos Humanos, a degradação social e as detenções arbitrárias.

A organização afirma ter cumprido todos os procedimentos legais, e que, com ou sem a presença da polícia, a manifestação vai acontecer.

A manifestação está prevista para às 14 horas e término às 17 horas e os promotores esperam por uma participação acima de 100 cidadãos.