Connect with us

Mundo

Oposição prevê vitória do seu candidato nas presidenciais do Senegal

Published

on

O político senegalês Ousmane Sonko disse esta sexta-feira que “se as eleições correrem bem, não crê que tenham menos de 60%”. Fez esta afirmação na sua primeira aparição perante a imprensa, um dia depois da sua libertação da prisão.

Apesar da confiança num bom resultado, Ousmane apelou o povo senegalês para que se mantenha vigilante, especialmente porque circulam rumores de corrupção.

O político da oposição do Senegal, Ousmane Sonko, fez nesta sexta-feira a sua primeira aparição pública em vários meses, um dia depois de ter sido libertado da prisão, na quinta-feira.

Sonko apareceu em público com o seu braço direito e candidato às presidenciais de 24 de março, Bassirou Diomaye Faye.

Vestido com uma túnica branca, Sonko, que há mais de dois anos se encontra envolvido num confronto com as autoridades, foi saudado por centenas de apoiantes que o esperavam perto do hotel onde deu uma conferência de imprensa, em Dacar, a capital do Senegal.

Milhares de pessoas saíram às ruas na noite de quinta-feira última para celebrar a libertação de Ousmane Sonko e Bassirou Diomaye Faye, os populares cantavam e dançavam à porta da prisão de Cap Manuel, ao longo do percurso da sua comitiva e à porta da casa de Sonko.

Colunistas