Connect with us

Destaque

Oposição considera processo eleitoral “inconstitucional”

Published

on

Aposição está expressa numa declaração conjunta da UNITA, da Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA-CE), do Partido de Renovação Social (PRS) e da Frente Nacional para a Libertação de Angola (FNLA), subscritas por Isaías Samakuva, Abel Chivukuvuku, Benedito Daniel e Lucas Ngonda, respetivamente

Na declaração conjunta, lida por Isaías Samakuva (líder da UNITA) UNITA, CASA-CE, PRS e FNLA reclamam um novo escrutínio provincial, propõem a criação de uma comissão da sociedade civil e igrejas para apurar a veracidade dos factos e aferir a justeza do processo e deixam ainda em aberto a possibilidade de recurso a outras formas de luta.

As quatro forças políticas reclamam um novo escrutínio provincial com base na lei e na Constituição da República de Angola. Propõem a criação de uma Comissão de Bons Ofícios de Sociedade Civil e das Igrejas para averiguar a veracidade dos factos e aferir a justeza do processo eleitoral.

Os líderes da oposição angolana sublinham ainda a possibilidade de outras “formas de luta previstas na constituição e na lei”.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *