Connect with us

Sociedade

Oficina do Conhecimento promove mesa redonda “A cultura do machismo como causa do feminicídio em Angola”

Published

on

O projecto académico Oficina do Conhecimento realizará, no dia 23 de Junho, às 15 horas, na Mediateca de Luanda, uma mesa redonda subordinada ao tema: “A cultura do machismo como causa do feminicídio em Angola”.

O evento terá como oradores a socióloga Tânia De Carvalho, as escritoras Sandra Mateus e Delfina Cortêz e o psicólogo Mário de Lemos. A moderação ficará a cargo do professor Fernando Kawendimba

Mário de Lemos é licenciado em Psicologia Criminal, pela Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto; articulista e porta-voz da Revista Psicólogos Angola, docente universitário da Universidade Técnica de Angola (UTANGA).

Adella Cortez (Delfina Pascoal Cortez) é considerada uma activista e defensora dos direitos humanos das mulheres e igualdade de gênero em Angola. Licenciada em Relações Internacionais pelo Instituto Superior de Relações Exteriores Venâncio de Moura (Mirex) e autora da obra intitulada “ Os direitos das mulheres em Angola ” lançada na Amazon Europa e brevemente em território nacional e fundadora do movimento “Nós Somos Elas”, em Luanda

Sandra Mateus é professora de Ensino Superior, formadora de Oratória (Técnicas de Expressão Oral em Público) e escritora com quatro obras publicadas e disponíveis em todo o mercado da língua portuguesa. Sandra Mateus concentra o seu interesse em temas ligados ao ensino, à comunicação e à gestão estratégica de pessoas.

Tânia de Carvalho é licenciada em Ciências da Educação “Sociologia” pelo Instituto Superior de Educação (ISCED), pós-graduada em Pluralismo Social pela Universidade Nazareth College em New York, mestranda em Sociologia pela Universidade Agostinho Neto. Funcionária do Ministério do Interior. Quadro dos Serviços Penitenciários.

Actualmente é vice-presidente do Interclube de Angola para a área do Fomento Empresarial e comentarista no programa Política no Feminino da Televisão Pública de Angola (TPA ). Concentra o seu interesse em temas relacionados à situação político-social e económica do país.

A Oficina do Conhecimento é um projecto académico criado em 2018 por um grupo de académicos angolanos das mais distintas áreas do saber que pretende incentivar e difundir a informação, o conhecimento e capacitar cidadãos angolanos sobre diversos assuntos de interesse nacional e internacional.  O projecto tem realizado palestras, debates e campanhas de sensibilização e informação nas escolas, mercados, orfanatos, cadeias e bairros periféricos. O objectivo é estimular o interesse das pessoas sobre assuntos que preocupam as comunidades. O mentor do projecto é o académico Osvaldo Mboco.

O projecto académico já promoveu palestras que abordou temas como “O processo de paz em Angola como ponto de viragem na reconciliação nacional”, que foram oradores os políticos Mário Pinto de Andrade pelo MPLA e Marcial Ndanchala pela UNITA e o jornalista Luís Domingos “O Estado do Direito e da Justiça em Angola” que teve como oradores: Dr. David Mendes, Advogado e Deputado; Dr. Manuel Pinheiro Jurista e Docente Universitário; Dr. Bangula Quemba Advogado e Docente universitário” e Pensar Angola II Edição com o Engenheiro Adalberto Costa Júnior, presidente da UNITA.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (6)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (25)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (88)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (21)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2021 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD