Connect with us

Mundo

Oficial: Faye vence eleições no Senegal com mais de 54% dos votos

Published

on

O Conselho Constitucional do Senegal confirmou a vitória nas eleições presidenciais do candidato da oposição. Bassirou Diomaye Faye vai tornar-se no mais jovem presidente daquele país, depois de uma histórica vitória, e o quinto da história deste país da África Ocidental, com 18 milhões de habitantes.

De acordo com a imprensa local, o Tribunal Superior senegalês validou na sexta-feira os resultados provisórios anunciados na quarta-feira com base nas contagens de votos de 100% das assembleias de voto.

Na contagem final, Faye obteve mais de 54% dos votos nas eleições presidenciais adiadas do passado domingo, 24 de Março, com o candidato da coligação no poder, Amadou Ba, a obter 35%.

A previsão é que Bassirou Diomaye Faye substitua o presidente cessante Macky Sall em 02 de Abril.

Em Angola, o Presidente da República, João Lourenço, já felicitou o novo presidente do Senegal. Em nota, o Chefe de Estado angolano disse ter “o imenso prazer” de endereçar as suas “vivas e calorosas felicitações pela vitória aquando das eleições presidenciais na República do Senegal”.

“A vossa vitória vem confirmar a justeza dos ideais de justiça social, de patriotismo, defendidos no vosso projecto político, sufragado nas urnas pelos eleitores senegaleses”, referiu, acrescentando “estar convencido que juntos imprimiremos uma nova dinâmica nas nossas relações no sentido da afirmação da nossa soberania e da defesa dos interesses dos nossos povos respectivos”, afirmou.

O líder do maior partido na oposição no país, também emitiu uma declaração afirmando que a eleição de Faye “representa uma vitória não apenas para o povo, mas também para a democracia, após meses de incerteza que colocaram à prova a reputação do país como uma democracia estável em uma região abalada por uma onda de golpes de Estado nos últimos anos, descreve o documento”, declarou o presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior.

Senegal: novo presidente possui duas mulheres, saiu da prisão e venceu as eleições