Connect with us

Angola que dá certo

Obras do PIIM podem agora ser acompanhadas via internet

Redação

Published

on

Vinte e três mil e 200 postos de empregos fixos serão criados, até 2022, no quadro da implementação do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), anunciou, nesta quinta-feira, 24, a porta-voz da Comissão Interministerial, Laurinda Cardoso.

Dados disponibilizados pela Comissão Interministerial para a Implementação do PIIM dão conta que, até à presente data, foram criados 3.411 postos de empregos temporários.

Actualmente, a nível do país, estão em execução 1.302 projectos de um total de 1.749 projectos.

Destes, 47 foram já concluídos.

O sector da educação conta com 603 projectos, saúde 301, água 140 e 106 ligados as infra-estruturas administrativas.

Em temos orçamentais, dos 672.000.000.000,00  kwanzas do orçamento geral do PIIM, 56.019.067.106,74 foram já aplicados.

Conforme Laurinda Cardoso, que falava à imprensa no final da reunião de balanço, o grau de execução dos projectos a nível nacional, no mês de Setembro, é positivo.

Durante a reunião foi apresentada e aprovada a Plataforma Tecnológica de Gestão do PIIM e os termos técnicos para sua operacionalização.

A plataforma, que poderá ser acedida via internet pelo portal do PIIM, vai permitir aos cidadãos nacionais acompanharem o nível de execução física e financeira dos projectos, informações do projectos a serem desenvolvidos, as entidades que concorrem para execução dos mesmos e índice de projecção de empregabilidade.

De acordo com a responsável, com esta plataforma, será possível se reforçar os vários mecanismos que já existem sobre a governação participativa, promoção e transparência da execução da despesa pública.

Lançado em Agosto de 2019, pelo Presidente da República, João Lourenço, o PIIM inicial previa 236 acções, nos sectores da saúde, educação, construção e obras públicas, infra-estruturas administrativas, estradas energia e águas, segurança e ordem pública, urbanismo, e saneamento básico.

Os programas, projectos e acções inscritos no PIIM incidem, fundamentalmente, nos sectores da saúde, construção e obras públicas, urbanismo, energia e águas, segurança e ordem pública, saneamento básico e infra-estruturas, administrativas e autárquicas, e, por último, intervenção nas vias de comunicação.

Avanços em Luanda 

Os projectos enquadrados no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), na província de Luanda, apresentam uma execução física na ordem dos 68 por cento.

Trata-se da execução de 183 projectos, dos quais 43 de responsabilidade do Governo Provincial de Luanda (GPL) e 140 das administrações municipais.

Os projectos têm um orçamento aprovado de 23 mil milhões de kwanzas.

Segundo a directora do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatísticas do GPL, Carla Gomes Leitão Nunes, que falava à imprensa no final da 6ª sessão ordinária do GPL, estão em curso 91 projectos, sendo 40 escolas, 12 unidades  hospitalares, esquadras policiais e a reabilitação de vias de comunicação rodoviária.

Destes projectos, referiu, apenas a reabilitação da escola do ensino secundário Angola-Cuba foi concluída.

Entre Outubro deste ano e Fevereiro de 2021 está previsto a conclusão das obras de 50 escolas, das 76 previstas, do ensino geral.

A governadora Joana Lina Baptista Cândido orientou que as administrações municipais exijam das empresas de construção civil qualidade e rigor, de modo a que, além de melhorar a imagem das cidades e vilas, tenham durabilidade e beneficiem as gerações vindouras.

Apelou também aos empreiteiros no sentido de honrarem os compromissos contratuais, sobretudo os prazos.

A província conta com mais de sete milhões de habitantes distribuídos pelos municípios de Luanda, Cacuaco, Belas, Viana, Kilamba Kiaxi, Talatona, Icolo e Bengo e Quiçama.

Por Angop

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (77)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (15)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2020 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD