Connect with us

Lifestyle

O chá açoriano pode combater demências

Adreia Rodrigues

Published

on

Foi descoberto no chá verde dos Açores uma substância que pode combater doenças como o Alzheimer ou Parkinson, e acabam por levar os doentes à demência.

Segundo José Batista, doutorado em bioquímica analítica que esteve ligado a inúmeras universidades portuguesas (onde colaborou com o Instituto de Oncologia do Porto) e canadianas, o chá tem uma substância que é muito benéfica para os seres humanos e que impede várias doenças e aumenta a criatividade.

Os polifenóis presentes no chá verde dos Açores podem igualmente ser encontrados em outros vegetais e frutas e são vivamente aconselhados a fazer parte de qualquer dieta equilibrada. Os alimentos ricos em polifenóis são antioxidantes e dão mais energia.

Para o investigador, o chá verde dos Açores tem um aminoácido único e que apenas meia hora depois de ser ingerido leva a um aumento das funções cognitivas. Assim que chega ao cérebro, este chá estimula neurotransmissores como a acicolina, que ajuda a combater o Alzheimer e o Parkinson. Este aminoácido tem um efeito contrário à excitante cafeína.

O chá foi introduzido nos Açores no século XIX e é a única região europeia a produzir chá. As duas maiores fábricas de chá são a Gorreana e o Porto Formoso.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (24)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (86)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (19)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2021 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD