Connect with us

Politica

Novo secretário da UNITA em Cacuaco impedido de tomar posse pela ala de ACJ

Published

on

Após a exoneração de Nelito Ekuikui no cargo de secretário provincial da UNITA em Luanda, substituído pelo seu adjunto, o deputado José Eduardo, no “galinheiro” instalou-se um clima de tensão e revolta, sobretudo pelo facto do novo secretário, nomeado pelo actual presidente Isaías Samakuva, ter exonerado quase todos os secretários municipais da capital.

Desde as primeiras horas desta quinta-feira, no município de Cacuaco, instalou-se uma “richa”, na sede municipal da UNITA entre as alas de Samakuva e de ACJ, durante o acto de cerimônia de tomada de posse do novo secretário municipal, Mvemba Motomona “Dinis”.

De acordo com a denúncia chegada à nossa redacção, acusam o ex-secretário de Cacuaco, Tavares Mbule, coadjuvados por um grupo ligado ao antigo presidente Adalberto Costa Júnior, de encarceraram e torturarem o grupo de Samakuva dentro da sede do partido, quando estes se preparavam para o acto de tomada de posse.

Segunda a mesma fonte, foi preciso intervenção da Polícia Nacional para travar o conflito.

Em declaração ao Correio da Kianda, o antigo secretário da UNITA em Cacuaco, confirma o conflito, mas demarca-se das acusações e aponta como fruto de descontentamento, um grupo ligado ao ACJ pela remodelação feita recentemente ao novo presidente Isaías Samakuva.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Colunistas