Connect with us

Sociedade

Novo preço da corrida de táxi não vai prejudicar utentes nem proprietários, garante ANATA

Published

on

O presidente da Associação Nacional dos Taxistas de Angola afirma que os “azuis e brancos” vão continuar a cobrar o valor de 150 kwanzas pela corrida de táxi até à retirada da subvenção dos combustíveis, a 30 de Abril próximo, e assegura que, no futuro, o preço não irá atingir os 600 kwanzas, como já circula nas redes sociais.

Francisco Paciente adianta que a sua organização trabalha para que o futuro preço do táxi não prejudique a população nem os proprietários dos transportes.

O responsável salienta, por outro lado, que a ANATA já entregou ao Governo um mapeamento de rotas, actualizado recentemente, que vai servir de base para a discussão do preçário do táxi, tão logo o Governo retire a actual subvenção aos combustíveis, já anunciada.

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.